Conheça os diferentes tipos de Embalagens e suas aplicações

Todos os dias, temos contato com embalagens de diferentes formas, tipos, cores e tamanhos em lojas e supermercados, por exemplo. Elas estão muito presentes em nosso dia a dia e é possível encontrar diversos usos.

Uma embalagem é uma estrutura fabricada de qualquer material seja de papel, substrato plástico, vidro, metal, madeira, couro, entre outros, e serve para conter, proteger e transportar um produto.

Você sabia que os tipos de embalagens se distinguem segundo a interação que possuem com o produto e se classificam em três categorias: primários, secundários e terciários?

As embalagens primárias contêm e estão em contato direito com o produto, protegendo-o de forma direta, como por exemplo sacos de arroz ou açúcar. Já as embalagens secundárias são aquelas que contêm várias embalagens primárias, contribuindo para sua manipulação, proteção e agrupamento, um exemplo disso são os engradados de cervejas. As embalagens terciárias contêm embalagens secundárias, que por sua vez contêm as primárias, o que permite o transporte do produto de maneira mais eficiente e a largas distâncias. Podemos considerar como embalagem terciária alguns produtos como pallets, filmes de plástico, entre outros.

Dependendo do tipo de produto, suas características de conservação, tempo de vida, distância do trajeto de transporte, fatores externos e a exigência logística dos produtores, são utilizados diferentes tipos de matérias-primas na produção das embalagens. Os quatro grupos principais de materiais são:

  • Vidro: As embalagens mais comuns neste tipo de material são as garrafas e os frascos, e servem para conter uma ampla variedade de produtos como bebidas, alimentos, produtos cosméticos, farmacêuticos, etc.
  • Metal: É utilizado para embalar alimentos como atum, sardinha, patês, conservas de verduras, etc.
  • Papelão: São os mais utilizados para fabricação de embalagens para transporte e proteção de produtos a nível local e para exportação.
  • Substratos Plásticos: É o material mais comum hoje em dia, normalmente é utilizado para envase de alimentos como grãos, bolachas, farinhas, produtos de limpeza como detergentes em pó e líquidos. Os substratos plásticos apresentam muitas vantagens como diminuir o custo de fretes, reduzindo o peso da embalagem, facilidade de impressão, o que permite melhores desenhos gráficos, melhora de barreiras a agentes externos como oxigênio, humidade, luz, além de permitir maior volume de embalagens de alimentos e apresentar fácil comercialização entre os países.

Agora que você já sabe as diferentes entre as embalagens e quais são seus tipos, é importante observar quais são as tendências deste setor.

As principais tendências das embalagens flexíveis são os temas de reciclagem e reutilização. Agentes regulatórios de diversos países estão exigindo cada vez mais o reuso de plásticos reciclados, levando fabricantes de embalagens flexíveis a desenvolver novas tecnologias de reciclagem e processamento rapidamente escaláveis.

Outra tendência no desenvolvimento de embalagens é a unificação de suas estruturas, embalagens que hoje estão formadas por várias famílias, como por exemplo uma embalagem laminada de duas películas que contém um polipropileno e um poliéster, pode passar a ter somente uma família, dois polipropilenos ou dois poliésteres, permitindo um processamento mais fácil de reciclagem.  

Para garantir que o processo de reciclagem ocorra, é necessário incentivar os consumidores a descartar corretamente as embalagens utilizadas nas lixeiras adequadas para o sistema de coleta seletiva de lojas e edifícios. Além disso, é fundamental realizar um trabalho de conscientização da população, estimular os sistemas de reciclagem e estabelecer melhores sistemas de coleta.

É claro que a globalização e o aumento da população geraram um incremento na demanda por alimentos e, para que haja distribuição eficiente dos insumos, é necessário um excelente sistema de embalagens, e os substratos plásticos são uma das melhores e mais econômicas opções para isso.

Adicionalmente, é essencial unir esforços com fornecedores, investidores e empresas usuárias de embalagens para encontrar formas inovadoras de possuir a melhor embalagem ao menor impacto social e ambiental.

Alinhada às tendências do mercado de Embalagens, a GTM, distribuidora de produtos químicos especializada na América Latina, oferece em seu portfólio matérias-primas como substratos plásticos e aditivos para a fabricação de embalagens flexíveis. Além disso, a companhia oferece serviços e soluções inovadoras para atender às necessidades atuais de seus clientes e trazer com velocidade novos produtos químicos para o mercado.

Com uma robusta infraestrutura, a GTM conta com instalações em 11 países, terminais marítimos e laboratórios de desenvolvimento de produto, aplicação, controle de qualidade e testes de formulações.

Para mais informações, entre em contato: gtmchemicals@gtmchemicals.com

 

Artigo escrito pelo colaborador Nelson Valdivieso, da área de Desenvolvimento de Negócios da GTM.

 

 

Referências:

https://www.envapack.com/